Por amar demais os cães, um dia tomei a decisão de que trabalharia no setor pet. Sim, queria estar próxima dos cães todos os dias. Assim começou uma busca do que fazer: pet shop? Produzir comida para cães? Quem sabe confeccionar roupas, camas entre outras coisas? Mas cadê o cãozinho nessa história? Eu queria mesmo era tocar no cão, sentir seu pelo, seu calor, seu cheiro, ganhar lambidas. Sim, era isso o que eu queria fazer.

Começou, então, uma busca por profissões que realizassem o meu desejo. Foi quando me deparei com algo muito valioso que não só preencheria a minha necessidade de toque, mas também poderia ajudar os cães e seus tutores: minhas mãos!

Massoterapeuta Canina! Profissão para quem tem muito amor por seres muito especiais: os cães

Compreendi que com elas poderia proporcionar qualidade de vida e bem-estar. Poderia aplicar a massoterapia canina em diversos cães com diferentes estilos de vida, idades e condições de saúde, desde filhotes em adestramento até aqueles bem velhinhos que necessitam de cuidados especiais. Poderia ajudar a cuidar da saúde deles. E proporcionar aos tutores o conforto de saber que seus amados peludos estão sendo tratados com muito amor, dedicação e responsabilidade. Assim me tornei massoterapeuta canina.

Massoterapeuta Canina! Profissão para quem tem muito amor por seres muito especiais: os cães

Themis Regina Kogitzki recebendo um de seus certificados na Inglaterra.

Não foi fácil chegar até aqui – até porque a formação em massoterapia canina não existe no Brasil.

É uma decisão que requer investimento, planejamento para ter retorno financeiro e dedicação para estudar muito. É importante entender o comportamento canino, já que, diferentemente dos pacientes humanos, cães não dizem onde está doendo. Conhecimentos aprofundados sobre anatomia e patologias caninas também fazem parte dos requisitos, e são colocados em prática quando o massoterapeuta trabalha em parceria com o médico veterinário para oferecer ao cão o melhor tratamento possível. Além de tudo isso, amor e respeito são fundamentais: antes de colocar as mãos sobre cada cãozinho, é preciso conhecê-lo bem e respeitar seu espaço.

Massoterapeuta Canina! Profissão para quem tem muito amor por seres muito especiais: os cães

Themis Regina Kogitzki, a especialista em massoterapia canina da AnimaTherapy

É no dia a dia que vamos descobrindo o que é ser um massoterapeuta canino. É preparar o material para a consulta, é anotar todos os detalhes de cada sessão, é observar cada movimento do cão e… estudar, estudar, estudar a todo momento.

25052015_04

O massoterapeuta deve pesquisar muito sobre cada caso. Deve trocar informações com os veterinários de seus pacientes, analisar os resultados dos exames. Deve saber o que pode ou não ser feito de acordo com a condição de saúde de cada cão.

E não pense que só aprendemos sobre anatomia e patologias. Também aprendemos a ficar atentos às espertezas e manias desses bebezões!

São muitas situações no mínimo engraçadas com que me deparo ao lidar com meus amados sobrinhos peludos. Tem o que rouba meu tênis quando chego. Tem aquele que só quer massagem embaixo do cobertor. O que prefere ficar de barriga pra cima no sofá. O que me troca por um petisco. O que foge e fica me olhando com carinha de “por que tá me apertando”?. Sem contar alguns punzinhos que podem acontecer quando a massagem chega na barriga.

Coincidência ou não, eu sempre estou na linha de fogo, rsrsrs. Assim se passa o dia. E no final não importa se minhas costas, pernas, joelhos, braços e mãos estão doendo por causa das horas passadas no chão cuidando dos corpinhos peludos, me locomovendo de um lado da cidade para o outro no meio do trânsito maluco de São Paulo…

25052015_03

…o que me faz feliz é saber que depois da sessão eles ficarão bem. Sentirão menos dores musculares. E conseguirão se movimentar melhor e de formas que antes não eram possíveis.

25052015_05

Quando os tutores comunicam uma melhora no estado dos cães após o início de um tratamento de massoterapia, a sensação é realmente fantástica.

Mas não tem recompensa maior do que entrar na casa do cãozinho e ser recebida com lambidas de alegria de ver a “Tia Themis”, como sou conhecida, chegando para mais uma conexão entre mãos que cuidam e peludos amados e sencientes.

25052015_01

Ser uma massoterapeuta canina é transmitir pelas mãos toda a alegria, amor, compaixão e dedicação que tenho para cuidar da saúde desses amados e adoráveis peludos. E saber que eles percebem tudo isso!

Dê seu like e compartilhe!
error: Content is protected !!