Bonito, hein?! E agora? Agora é festa! Fazer o quê?! Você se esqueceu de pedir a opinião, já fez o convite, todo mundo se animou e agora tem que ser divertido pra todo mundo, oras – inclusive para o Totó, que DETESTA tumulto, barulho e estranhos. rsrsrs

Convidei todo mundo e esqueci de perguntar a opinião do meu cachorro. E agora?

Brincadeiras à parte, muitos cães não gostam mesmo de muita gente, muitos cheiros e muito barulho. Em muitos casos, eles não passam pelo período de sociabilização da forma ideal e acabam carregando traumas que só eles (às vezes nem eles mesmos) sabem!

E o que você pode fazer pra amenizar essa situação, evitando que sua tia leve aquela mordida no calcanhar ou que seu cãozinho sinta a necessidade de ficar – ou precise ser – isolado do resto do povo? Massoterapia, claro!

Convidei todo mundo e esqueci de perguntar a opinião do meu cachorro. E agora?

A seguir, nossa massoterapeuta canina, Themis Regina – ou a tia The, pros amassadinhos mais íntimos – dá algumas “dicazinhas” do que fazer pro seu amigão ficar tranquilo, tranquilo… e, quem sabe, até cantar um jingle bells pra família!

Comece este exercício neste exato momento; assim, você poderá acostumar o Totó ao toque e ele poderá aproveitar mais. Faça esta sequência por 15 minutos todos os dias, começando, de preferência, 1 hora antes da chegada das visitas. Vamos ver como o Totó se comportará! rs

Relembrando…

Antes de começar a massagem

  1. Certifique-se de que seu amigão está aliviado e já fez suas necessidades fisiológicas.
  2. Escolha um espaço calmo com poucas distrações.
  3. Crie um ambiente seguro para o Totó.
  4. Peça permissão ao cão. Isso mesmo! Se ele não quiser ser tocado, aguarde um pouco.
  5. Tenha ao alcance petiscos e brinquedos de que ele goste. Eles podem ser utilizados como motivações, distrações e recompensas.
  6. Nunca – absolutamente nunca – use da força física para imobilizar um cão, ou fazer massagem em um cão que não quer ser tocado!

Uma dica: você pode usar essência de lavanda para auxiliar no processo e deixar o local mais agradável! Mas coloque só um pouquinho da essência no difusor. Lembre-se de que os cães têm um olfato muito mais apurado que o nosso!

Vamos à prática?

  • Comece deslizando as mãos, de maneira bem leve, pelo corpo do Totó. Os movimentos devem ser longos e lentos. Eles têm efeito calmante no sistema nervoso.

Convidei todo mundo e esqueci de perguntar a opinião do meu cachorro. E agora?

  • Se o cão gostar (alguns não gostam!), gentilmente deslize os dedos nas orelhas, da base (perto do ouvido) à ponta da orelha. Quando alcançar a pontinha, dê uma leve pressionada (leve, tá? Não vá espremer o Totó! rs). Repita esse movimento até perceber que ele está relaxando…

Convidei todo mundo e esqueci de perguntar a opinião do meu cachorro. E agora?

Em tempo: dê tempo ao seu amigão! Pode ser que nada disso dê certo desta vez e esta seja apenas a primeira de muitas comemorações em que ele vá precisar dessas dicas. Então, em vez de voltar aqui para nos xingar, guarde-as bem guardadinhas e lembre-se de que cada cão tem seu ritmo de aprendizado e você, enquanto tutor@-querid@-amad@-idolatrad@-salve-salve-líder-da-matilha, precisa ter (sempre) (muita) paciência com ele, cãobinado? Boa sorte! 🙂

Convidei todo mundo e esqueci de perguntar a opinião do meu cachorro. E agora?

Mais um tempinho: e, se der certo, conte pra nós como foi! Se não der, conte também! Estamos curiosos e aguardamos (boas) notícias suas!

Em caso de dúvidas, consulte sempre um veterinário! Para saber mais sobre a massoterapia canina, por favor, visite o nosso site: www.animatherapy.com.br. Para conhecer as contraindicações da massoterapia canina (isto é, para saber em quais situações você não deve massagear o seu amigão), clique aqui.

Dê seu like e compartilhe!
error: Content is protected !!